24 outubro 2016

Aborto Espontâneo - Aconteceu comigo




Fonte da Imagem: Google


Antes de ter o meu Segundo filho (ou posso considerar 3º ), eu tive um aborto espontâneo as 8 semanas...

Deixa contar como aconteceu...

Como queria dar espaço de 2 anos entre os meus filhos, em Janeiro de 2014 decide que haveria de começar a tomar Folifer (a vitamina q tomava)e uma vez que o 1º era do mês do pai a(o) segunda(o) teria de ser do mesmo Mês da Mãe (no meu universo perfeito)…

Deixei a minha última Red de Março/2014 aparecer e em Abril descobri que estava Gravidinha! Oi!?Como Assim!? Na primeira tentativa!? E o problema das trompas!? Ao meio de muitas questões, o facto é que estava novamente Gravida e feliz pois as contas bateram certinho…
Em ton de gozo (só com o teste de farmácia), avisei as minhas amigas, marido (q n acreditou na sua capacidade certeira) e familiares…

Como fiz o teste faltando 5 dias para a Red aparecer…tratei logo de agendar consulta com um GO (o mais próximo que encontrei sem muita frescura na escolha do mesmo, ate pq já era a 2º gravidez)…

No dia da consulta, informei que descobri que estava Gravida através de 1 teste de farmácia (no dia que fui ao GO estava com 2 dias de atraso)… O mesmo fez perguntas rotineiras e pediu para me deitar na maca para observação conforme procedimento.

Fiz o que o mesmo pediu e contrariando a primeira gravidez o mesmo antes de fazer um ultrason, fez um Toque (que segundo o mesmo na altura era pra ver se o colo estava fechado)e só depois fez o ultrason onde o mesmo disse q por ser muito cedo só dava para ver o Saco Gestacional e não o Embrião…

Receitou-me que continua-se a tomar o folifer e fizesse já os exames normais do 1º trimestre… Sai de lá radiante....

No mesmo dia a noite senti ligeiras cólicas como se a Red fosse descer , mas estava tranquila…No dia seguinte quando vou me lavar vejo uma ligeira borra de sangue…mas, já não tinha cólica (pensei comigo que era nidação e não contei pra ninguém)

Dois dias de pois, novamente cólicas e ligeiro sangramento, ai, falei com a minha mãe e se me recordo bem com as minhas amigas também que me aconselharam a procurar o GO novamente.

Como o mesmo dava consultas todos os dias em um determinado horária, fui ate lá, e depois do chá de espera de 2 horas (clinica estava cheia) o mesmo voltou a observar-me e a receitar Ultragestan e repouso absoluto durante 10 dias…

Como meu filho era pequeno, o mesmo ficou uns dias da semana com a minha mãe, e subiu só no fim de semana…lembro-me de ter feito o menor esforço possível, mas as cólicas e o sangramento mesmo com a medicação não parava…

Então, já na possibilidade de estar a perder o bebe, minha mãe aconselhou-me a ir a outra clinica. Fui a uma primeira Clinica, que na triagem depois de 1 hora, a dizer que estava Gravida e com ligeiro sangramento, não era tida como prioridade (pois não tinha BARRIGA oi!? Como!?) sai de lá nervosa e fui tentar na clinica que tivera tido o meu 1º filho e ver se era atendida… Segunda decepção…

Chegando lá…voltando a explicar o que estava a acontecer e já com algumas lágrimas nos olhos, sou informada que tinha q ser vista por uma Parteira, e que a mesma de plantão estava a efetuar um parto…

Pensei comigo, ok ok…não adianta discutir…para Respira e Pensa… Dai surgiu a luz q a um quarteirão dali tinha uma clinica da família da mulher de um primo (fui a pé mesmo pq estacionar por lá ia perder tempo)

3º Explicação na recepção e ao contrario das outras Clinicas, fui logo levada para o GO que ao me observar, avisou que eu estava a ter um ABORTO ESPONTÂNEO e que o que eu estava a fazer naqueles 10 dias de repouso e medicação era adiar o que estava a ser expulso de uma forma Natural pelo meu corpo .

Cuidadosamente o mesmo explicou que a minha Gestação era Anembrionária, mais conhecida como Gravidez de Ovo Cego (gravidez sem embrião, qdo o óvulo fertilizado se implanta no útero, mas o embrião não se desenvolve) e que tinha que fazer naquele exato momento uma Curetagem e que o procedimento seria rápido e não tão dolorido, pois já tinha eliminado uma parte…

Ali, deitada na maca, só consegui dizer…Q assim seja (não considerando a vontade do médico, mais sim a vontade do Senhor nosso Deus)

Foi um procedimento de aproximadamente 5 minutos, rápido e realmente sem dor (como não tinha jeito, preferi só contar depois as pessoas) …

Médico disse que poderia ir trabalhar (foi numa sexta-feira de manha, pois ele não achava necessário uma baixa médica) e explicou que em 3 meses poderia voltar a tentar novamente….

Saindo de lá, liguei primeiramente a minha mãe a dizer o q tinha ocorrido e depois ao meu marido e amigas…

Os abortos estão quase sempre presentes na Vida de muitos casais e acredito q durante este processo o emocional e físico têm que andar lado a lado e não deixar q o Medo de voltar a Viver esta experiencia seja mais forte que a vontade de seguir com os nossos Sonhos e Propósitos

Cada uma tem a sua forma de reagir a uma perda, e confesso que como tudo na minha Vida tento ser o mais pratica possível e pensar que poderia ser pior…e que não me podia queixar.. ate porque, já tinha 1 filho (com os problemas que tenho nas trompas)...Lembro-me ainda q cada vez que alguém liga-se a consolar eu dizia: Era rapaz, como sabia q queria Menina preferiu não se alojar kkkkk (brincadeirinha)


E como tudo na Minha Vida vem acompanhado de SURPRESA depois de 1 mês (não os 3 recomendados kkkk) lá estava eu Gravidinha de Novo (em outro post conto como descobri a minha 2º Gravidez consolidada)

E ai, alguém se identifica com este Post!?


XOXO

Um comentário:

  1. Fico tão triste quando leio relatos de abortos espontâneos(especialmente quando se é uma tentante) e ao mesmo tempo morro de medo de acontecer comigo!Li que é normal de acontecer na primeira gestação.É uma situação dificil que só quem passa por isso consegue entender a dimensão da dor!

    ResponderExcluir

Oba! Obrigada por Comentar

© Coisas que Vivo - 2016 | Todos os direitos reservados.
Desenvolvimento por: Jaque Design | Tecnologia do Blogger.
imagem-logo